Sociedade do Espetáculo de Guy Debord | Documentário e livro

Guy Debord (1931 – 1994) foi um filósofo, cineasta e crítico cultural francês. Participou ativamente dos eventos de Maio de 68, criticando a sociedade contemporânea, definindo-a como uma sociedade mediada por imagens, onde a lógica do intercâmbio mercantil incorpora-se em toda a vida cotidiana.

Livro:

O livro “Sociedade do espetáculo”, lançado em 1967, é uma crítica à sociedade do consumo, à cultura da imagem e à invasão da economia em todas as esferas da vida. O autor discute o papel das imagens nas relações interpessoais apontando-as como representações imediatas que adquirem autonomia e fazem das pessoas meros espectadores contemplativos.

Para fazer o download do livro “Sociedade do Espetáculo” – CLIQUE AQUI!

Filme:

O filme lançado em 1973 também foi dirigido por Debord, trata-se de uma versão audiovisual do livro, onde, ao expor seus conceitos, o autor utiliza um recorte de imagens incessante e aleatório, dando suporte à teoria apresentada no livro. É, na verdade, uma espécie de anti-filme: a utilização da cultura para fins “subversivos”. Nele, a imagem não obedece ao narrador, não o segue…

Download do filme – CLIQUE AQUI!
FiLme online – CLIQUE AQUI!

Downloads via: Lelivros, Filmes Cult

Arte, poesia e filosofia… Clique aqui e conheça nossa loja!
Sartre-Livre-Slide
Camiseta Sartre “Livre”, para ver é só clicar aqui!
GOSTOU DESTE POST?
QUER RECEBER NOSSAS NOVIDADES E CONTEÚDO EXCLUSIVO EM SEU E-MAIL?
ASSINE NOSSA NEWSLETTER !

 

Descartes “Discurso do método” | Filme e livro

A máxima “cogito, ergo sum” (penso, logo, existo) foi o axioma sobre o qual René Descartes (1596 – 1650) fundamentou sua filosofia. Utilizando-se do método da análise matemática, procurou construir um sistema que impossibilitasse o erro, adotando a dúvida como método. Rejeitou, assim, tudo aquilo que pudesse ser considerado duvidoso para, no fim, advertir que a única verdade irrefutável era o ato de duvidar.

O método de Descartes, denominado “cartesiano”, influenciou diversos pensadores. Sua obra  mais conhecida é Discurso do Método.

Para fazer o download do livro – CLIQUE AQUI!

O filme Descartes, produzido por Roberto Rossellini, em 1974, procura abordar a vida e o pensamento do filósofo, fazendo recortes importantes sobre biografia de Descartes:

Descartes-Livros-em-PDF-para-download

Para aqueles que gostaram deste post, indicamos também o post Descartes | 7 livros para download, para ver é só clicar aqui!

Arte, poesia e filosofia… Clique aqui e conheça nossa loja!
Platao-uma-vida
Camiseta Platão “Uma vida”, para ver é só clicar aqui!
GOSTOU DESTE POST?
QUER RECEBER NOSSAS NOVIDADES E CONTEÚDO EXCLUSIVO EM SEU E-MAIL?
ASSINE NOSSA NEWSLETTER !

Raízes do Brasil de Sérgio Buarque de Holanda | Livro e documentário

Raízes do Brasil aborda aspectos centrais da cultura brasileira, buscando compreender o processo de formação da sociedade brasileira. A tese central é a de que o legado personalista da experiência colonial constituía um obstáculo a ser vencido para o estabelecimento da democracia política no Brasil. Nesse sentido, destaca-se a importância do legado cultural português e a dinâmica dos arranjos e adaptações que marcaram as transferências culturais de Portugal para a sua colônia americana.

Na livro, publicado em 1936, o historiador Sérgio Buarque de Holanda procura elucidar a realidade brasileira e as causas de uma certa mal sucedida formação de um espírito progressista no seio das relações sociais da civilização brasileira, apontando as transformações (ou continuações) de realidades desde o período colonial até a época da publicação do livro.

O filme “Raízes do Brasil, uma cinebiografia de Sérgio Buarque de Holanda” de Nelson Pereira foi realizado para celebrar o centenário de nascimento do historiador, em 2002. É dividido em duas partes, na primeira, as imagens de Sergio Buarque de Hollanda aparecem em fotos aqui e ali e em algumas filmagens de época. É através das histórias contadas por sua viúva Maria Amélia, pelos filhos e netos, e pelos amigos Paulo Vanzolini e Antonio Cândido, que o espectador  é levado ao ambiente de trabalho do historiador, sua biblioteca, seu escritório, onde ele passava horas a fio lendo e escrevendo. Trata-se de uma ótima oportunidade para conhecer um pouco mais a biografia do autor.

Para fazer o download do livro Raízes do Brasil – CLIQUE AQUI!

Segue o filme em 2 partes:


Arte, poesia e filosofia… Clique aqui e conheça nossa loja!
Sartre-Livre-Slide
Camiseta Sartre “Livre”, para ver é só clicar aqui!
GOSTOU DESTE POST?
QUER RECEBER NOSSAS NOVIDADES E CONTEÚDO EXCLUSIVO EM SEU E-MAIL?
ASSINE NOSSA NEWSLETTER !

O Século do Ego/Parte 3: Há um policial dentro de nossas cabeças. Ele deve ser destruído

A TEORIA DO INCONSCIENTE DE FREUD TRAZIDA PARA O CERNE DO MUNDO DA PROPAGANDA E DO MARKETING. O SÉCULO DO EGO (2002) É UMA SÉRIE DE DOCUMENTÁRIOS PRODUZIDA PELA BBC , COMPOSTA POR 4 EPISÓDIOS. A PROPOSTA É APONTAR COMO AS TEORIAS DE FREUD FORAM APLICADAS AO MERCADO E À POLÍTICA AO LONGO DAS ÚLTIMAS DÉCADAS, INFLUENCIANDO A MANEIRA COMO EMPRESAS E GOVERNOS PASSARAM A LIDAR COM AS “MASSAS”.

Parte 3: Há um policial dentro de nossas cabeças. Ele deve ser destruído.

Este episódio aborda a década de 1960 e os movimentos de contestação às teorias freudianas, principalmente sua aplicação massiva fundamentando estratégias de marketing. Para muitos o “eu interior” não precisava ser reprimido mas sim encorajado a se expressar… Muitos movimentos se dedicaram a pensar formas para combater a conformidade psicológica que havia sido incentivada/implantada por parte do mercado e da política nas décadas anteriores.

No entanto, as corporações norte-americanas logo perceberam que este novo “eu” não era uma ameaça… A “Geração do eu” seria sua maior oportunidade, pois era de seu interesse incentivar as pessoas a sentir que eram indivíduos únicos e, em seguida, vender-lhes maneiras de expressar as suas individualidades. Novamente, a teoria do inconsciente de Freud será aplicada, aprimorada e renovada para atender às novas/velhas demandas do mercado.

Para assistir O Século do Ego, Parte 1: Máquinas de felicidade, clique aqui!

Para assistir O Século do Ego, Parte 2: Engenharia do consentimento, clique aqui!

Arte, poesia e filosofia… Clique aqui e conheça nossa loja!

Caneca Jung-Despertar-pop
Caneca Jung “Despertar”, para ver clique aqui!
GOSTOU DESTE POST?
QUER RECEBER NOSSAS NOVIDADES E CONTEÚDO EXCLUSIVO EM SEU E-MAIL?
ASSINE NOSSA NEWSLETTER !

Admirável Mundo Novo de Aldous Huxley – Filme e livro

Em 1931, ao criar o “Admirável Mundo Novo”, Aldous Huxley  (1894-1963) visualizou o problema do condicionamento humano atrelado a uma escravidão satisfeita e alienada. A partir daí traça as bases de uma sociedade estranha, onde os princípios da família são abolidos, a ponto de os vocábulos “pai” e “mãe” tornarem-se obscenos.

Tudo isso acontece lá pelo ano de 600 de “Nosso Ford”, trocadilho de Huxley com a palavra “lord”. E assim, nesta humanidade plástica e impermeável às lutas de classes, apesar de possuí-las, cientifica e constitucionalmente definidas, desenrola-se, sob a legenda da Fraternidade e da Estabilidade, a tragédia incomum de um “selvagem”…

Para aqueles que queiram ler o livro segue o link abaixo, em vermelho, para realizar o download da obra e, mais abaixo o filme de 1980 produzido pela BBC e baseado no livro:

Livro:

Para fazer o download do livro – CLIQUE AQUI!

Filme:

Download via LeLivros


Arte, poesia e filosofia… Clique aqui e conheça nossa loja!
Socrates-nada-sei-branco-slide.jpg-definitivo
Camiseta Sócrates “Nada sei”, para ver é só clicar aqui!
 …
GOSTOU DESTE POST?
QUER RECEBER NOSSAS NOVIDADES E CONTEÚDO EXCLUSIVO EM SEU E-MAIL?
ASSINE NOSSA NEWSLETTER !

 

Sócrates – Filme

Com vestes simples e rústicas, Sócrates (469-399 a. C.) andava por Atenas fazendo perguntas e exigia definições precisas. Se a resposta viesse na forma de exemplos ou opiniões, o interlocutor voltava a ser questionado, num exercício que o levava a compreender o que significava fazer uso da razão…

Sócrates procurava conceitos universais que, segundo ele, poderiam ser descobertos por meio de um procedimento metodológico simples: o ato de perguntar. A pergunta socrática “o que é?”, configura a base de seu conhecimento. Nos diálogos com seus contemporâneos, Sócrates utilizava uma forma especial de perguntar, empregando a ironia e a maiêutica para fazer um exame daquilo que o interlocutor pensava que sabia.

A ironia consistia em levar o interlocutor à ignorância que se ocultava nesse suposto saber. Sócrates, “que somente sabe que nada sabe”, escondia-se nesse “não-saber” para deixar o outro perante a própria perplexidade. Desse modo, o não-saber socrático é um princípio que procura demonstrar que para se chegar ao conhecimento é necessário, inevitavelmente, reconhecer a própria ignorância.

O filme Sócrates (1971) do diretor Roberto Rosselini aborda o final da vida de Sócrates, em especial seu julgamento e sua condenação à morte, com destaque para os célebres diálogos socráticos: ‘Apologia’, ‘Críton’ e ‘Fédon’, com seus últimos ensinamentos antes de tomar a cicuta. Imperdível!

 …

Arte, poesia e filosofia… Clique aqui e conheça nossa loja!
socrates-nada-sei-slide-1
Camiseta Sócrates “Nada sei”, para ver é só clicar aqui!
GOSTOU DESTE POST?
QUER RECEBER NOSSAS NOVIDADES E CONTEÚDO EXCLUSIVO EM SEU E-MAIL?
ASSINE NOSSA NEWSLETTER !

 

Germinal de Émile Zola / Filme e livro

 

O livro Germinal de 1885 foi escrito pelo francês Émile Zola (1840 – 1902), forte representante e um dos fundadores do Naturalismo francês. O romance retrata as condições de vida desumanas nos agrupamentos de mineiros na França do século XIX, descrevendo os princípios da organização  política e sindical da classe operária daquele período.

Para compor Germinal, o autor passou dois meses trabalhando como mineiro na extração de carvão. Viveu com os mineiros, comeu e bebeu nas mesmas tavernas para se familiarizar com o meio. Sentiu na pele o trabalho sacrificado, a dificuldade em empurrar um vagonete cheio de carvão, o ambiente de constante calor e umidade dentro das minas, o esforço insano para escavar o carvão, a promiscuidade das moradias, o baixo salário e a fome. Acompanhou também a greve dos mineiros, em seus caminhos e descaminhos…

Para fazer o download do livro – CLIQUE AQUI!
Para fazer o download  do filme – CLIQUE AQUI!

Downloads via Filmes CultLeLivros


Cinema-e-literatura-lista-Farofa-FilosoficaPara aqueles que gostaram deste post indicamos também o post “Cinema e Literatura: 10 filmes para ler (ou 10 livros para assistir)”, para ver é só clicar aqui!

Arte, poesia e filosofia… Clique aqui e conheça nossa loja!
Socrates-nada-sei-branco-slide.jpg-definitivo
Camiseta Sócrates “Nada sei”, par ver é só clicar aqui!
GOSTOU DESTE POST?
QUER RECEBER NOSSAS NOVIDADES E CONTEÚDO EXCLUSIVO EM SEU E-MAIL?
ASSINE NOSSA NEWSLETTER !

Espinosa – O apóstolo da razão | Filme

Espinosa apresentou uma revolucionária formulação sistemática da filosofia. Foi acusado de heresia e excomungado pelos defensores da tradição judaica e cristã.

De origem judaica, Bento de Espinosa (1632-1677) nasceu em Amsterdã e teve como primeira formação os estudos sobre o hebraico, mais tarde teve acesso à leitura dos modernos, como Bacon, Hobbes e, principalmente, Descartes. Ganhava a vida polindo lentes para telescópios e microscópios. Vivia com simplicidade, cercado por pessoas identificados com o seu pensamento. Recusou um convite para lecionar na Universidade de Heldelberg – e ter a folga financeira que o trabalho como polidor não permitia – para não renunciar à liberdade de pensamento.

Sua filosofia, classificada como racionalista, constitui um sistema estruturado, concebido segundo o método dedutivo, obtido da geometria. Entre suas principais obras figuram o Tratado teológico-político (1670), o Tratado da correção do intelecto (1622) e a Ética (1677).

O filme é uma produção da Tv Escola e faz um apanhado geral sobre a vida e a obra de Espinosa, para aqueles que queiram conhecer melhor o pensamento do filósofo é uma ótima oportunidade.

10-Filmes-sobre-a-Historia-da-Filosofia---FAROFA-FILOSOFICAPara aqueles que gostaram deste post, indicamos também o post “10 filmes sobre a História da Filosofia”, para ver é só clicar aqui!

Arte, poesia e filosofia… Clique aqui e conheça nossa loja!
Prato-do-dia-Slide
Camiseta Prato do dia, para ver é só clicar aqui!
GOSTOU DESTE POST?
QUER RECEBER NOSSAS NOVIDADES E CONTEÚDO EXCLUSIVO EM SEU E-MAIL?
ASSINE NOSSA NEWSLETTER !

 

 

 

Herbert Marcuse | Documentário

Herbert Marcuse (1898-1979), filósofo judeu-alemão, foi professor em universidades dos Estados Unidos, discípulo de Heidegger e membro da Escola de Frankfurt, procurou conciliar as teorias de Hegel e Marx com a psicanálise freudiana. Submeteu o marxismo soviético a severas críticas, assim como as sociedades industriais avançadas e os estados de alienação que elas produzem nos indivíduos. Entre seus livros estão Razão e revolução (1941), Eros e civilização (1955), O homem unidimensional (1964) e O fim da utopia (1968).

O documentário “Herbert Marcuse, o pensador da Juventude” é composto por 2 partes e, é parte integrante da série audiovisual da Tese de Doutorado: “Tempo, Trabalho e Subjetividade — Crises da Atualidade”, de autoria da Profª. Evie Giannini, sob a orientação do Prof. Dr. Jorge Coelho Soares, pelo Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social (PPGPS/UERJ) / 2010-2014.

 

Arte, poesia e filosofia… Clique aqui e conheça nossa loja!

Nietzsche,-Marx-e-Freud-Pop.2
Camiseta Nietzsche Marx Freud, para ver clique aqui! 
GOSTOU DESTE POST?
QUER RECEBER NOSSAS NOVIDADES E CONTEÚDO EXCLUSIVO EM SEU E-MAIL?
ASSINE NOSSA NEWSLETTER !

Nietzsche vai ao cinema | 10 filmes influenciados pela filosofia de Nietzsche e/ou inspirados em sua biografia

 A  presença da filosofia de Nietzsche em 10 filmes de diretores como Coppola, Hitchcock, David Fincher, Lars von Trier, Orson Welles, entre outros..

Nietzsche vai ao cinema ou, o cinema vai a Nietzsche…?

Friedrich Nietzsche (1844-1900) tornou-se um filósofo bastante popular, sua filosofia influenciou a obra de muitos filósofos e, atualmente é possível enxergar com certa clareza a forte influência que o filósofo alemão ainda exerce, para além da filosofia… No cinema não é diferente, sua presença também é sentida, talvez, mais do que qualquer outro filósofo. Neste sentido, o propósito desta lista é elencar alguns filmes em que podemos identificar a presença de certos elementos característicos de sua filosofia como, por exemplo, os conceitos de eterno retorno, vontade de potência/vontade de poder, ubermensch, entre outros*.

Também consideramos importante apontar alguns filmes de caráter biográfico afim de destacar certas particularidades sobre a biografia de Nietzsche que, certamente, são determinantes para compreender algumas nuances de sua filosofia. Segue abaixo a lista:

Abaixo dos títulos dos filmes colocamos os links para quem quiser assistir online ou baixar os filmes aqui apontados:

Filmes biográficos

1.Dias de Nietzsche em Turim(2011) | Júlio Bressane

Para assistir  ao filme – CLIQUE AQUI!

dias-de-nietzsche-em-turim-filme
Dias de Nietzsche em Turim (2011) | Júlio Bressane

O filme procura recriar o  período entre abril de 1888 e janeiro de 1889, em que o filósofo alemão Friedrich Nietzsche (1844-1900) viveu na cidade de Turim, na Itália. Foi lá que Nietzsche escreveu alguns de seus textos mais conhecidos, como “Ecce Homo”, “Crepúsculo dos Ídolos” e “Os Ditirambos” e entregou-se totalmente às suas próprias idéias, envolvendo-se com a arte, a ciência e sua própria vida. Obs.: Sim, é um filme nacional sobre um filósofo alemão e, sim, vale a pena assistir!


2. Quando Nietzsche chorou (2007) |  Pinchas Perry

Para assistir  – CLIQUE AQUI!

quando-nietzsche-chorou-filme
Quando Nietzsche chorou (2007) | Pinchas Perry

O filme é baseado no romance de Irvin Yalom e narra o encontro fictício entre o filósofo alemão Friedrich Nietzsche e o médico Josef Breuer, professor de Sigmund Freud. Nietzsche é ainda um filósofo desconhecido, pobre e com tendência suicidas. Breuer é procurado por Lou Salome, amiga de Nietzsche, com quem teve um relacionamento atribulado. Trata-se de uma oportunidade para conhecer melhor o pensamento e alguns posicionamentos de Friedrich Nietzsche pois, ainda que se trate de uma ficção o filme faz alusão a importantes eventos reais como, por exemplo, certas particularidades do relacionamento entre Nietzsche e Lou Salome, o episódio com o cavalo ao qual o próximo filme desta lista (Cavalo de Turim) também se refere, entre outros…


Filmes influenciados pelo conceito de eterno retorno: se determinados instantes de nossas vidas se repetissem continuamente, ainda assim seríamos felizes? 

3. O cavalo de Turim (2011) | Bela Tarr

Para baixar – CLIQUE AQUI!

o-cavalo-de-turim-filme-nietzsche
O cavalo de Turim (2011) | Bela Tarr

O filme parte de um evento real sobre a vida de Nietzsche que aconteceu em 1889, em Turim: um camponês chicoteia seu cavalo e Nietzsche, ao tentar impedi-lo, desmaia, é levado para casa onde permanece em silêncio por dias. Depois deste evento, o filósofo nunca mais seria o mesmo… O filme concentra-se no cotidiano da família deste camponês, recriando a luta pela existência de um velho, sua filha e seu cavalo doente diante de uma vida miserável, sem perspectivas de mudanças, destacando o peso da existência humana – traço marcante na filosofia de Nietzsche.


 4. A fonte da vida (2006) | Darren Aronofsky

Para assistir  – CLIQUE AQUI!

fonte-da-vida-filem-nietzsche
A fotne da vida (2006) | Darren Aronofsky

Na Espanha do século 16, o navegador Tomas Creo parte para o Novo Mundo em busca da lendária árvore da vida. Nos tempos atuais a mulher do pesquisador Tommy Creo está morrendo de câncer, mas ele busca desesperadamente a cura que pode salvá-la. Uma terceira história une as duas primeiras: no século 26, o astronauta Tom finalmente consegue a resposta para as questões fundamentais da existência.


Filmes influenciados pelo conceito de vontade de potência/vontade de poder

 5. Festim Diabólico (1948) | Alfred Hitchcock

Para assistir  – CLIQUE AQUI!

festim-diabolico-feilme

Brandon e Philip matam David, apenas para terem a sensação de praticar um assassinato e provar que conseguem realizar o crime perfeito. Para desafiar os amigos e a família, resolvem convidá-los para uma reunião no apartamento deles, onde colocam a comida em cima de um baú, onde também está o corpo da vítima… O filme apresenta as atitudes e emoções humanas de forma intensa e extremada, em suas “melhores” e “piores” formas. Baseado numa história real.


6. Cidadão Kane (1941) | Orson Welles

Para baixar o filme – CLIQUE AQUI!

cidadao-kane-online
Cidadão Kane (1941) | Orson Welles

Dirigido por Orson Welles, o longa conta a ascensão de um mito da imprensa americana. De garoto pobre no interior a magnata de um império do jornalismo e da publicidade mundial. O filme é frequentemente apontado como a obra-prima de Orson Welles.


 7.O advogado do diabo (1998) | Taylor Hackford

Para assistir  – CLIQUE AQUI!

o-advogado-do-diabo-filme-nietzsche
O advogado do diabo (1998) | Taylor Hackford

Kevin Lomax, advogado de uma pequena cidade da Flórida que nunca perdeu um caso, contratado John Milton ), dono da maior firma de advocacia de Nova York. Kevin recebe um alto salário e várias mordomias, apesar da desaprovação de sua mãe. No início tudo parece correr bem, mas logo Mary Ann , a esposa do advogado, sente saudades de sua antiga casa e começa a testemunhar aparições demoníacas. No entanto, Kevin está empenhado em defender um cliente acusado de triplo assassinato e não dá  atenção à mulher, enquanto seu misterioso chefe parece sempre saber como contornar cada problema e tudo que perturba o jovem advogado…


 Filmes influenciados pelas obras Genealogia  da Moral e Além do Bem e Mal

8. Dogville (2003) | Lars von Trier

Para baixar o filme  – CLIQUE AQUI!

dogville-onle
Dogville (2003) | Lars von Trier

Anos 30, Dogville, um lugarejo nas Montanhas Rochosas. Grace, uma bela desconhecida, aparece no lugar ao tentar fugir de gângsters. Com o apoio de Tom Edison, o auto-designado porta-voz da pequena comunidade, Grace é escondida e, em troca, trabalhará para eles. Fica acertado que após duas semanas ocorrerá uma votação para decidir se ela fica. Após este “período de testes” Grace é aprovada por unanimidade, mas quando a procura por ela se intensifica os moradores exigem algo mais em troca do risco de escondê-la…


9. Apocalypse Now (1979) | Francis Ford Coppola

Para baixar o filme – CLIQUE AQUI!

apcalypse-now-online
Apocalypse Now (1979) | Francis Ford Coppola

O Capitão Willard (Martin Sheen) recebe a missão de encontrar e matar o comandante das Forças Especiais, Coronel Kurtz (Marlon Brando), que aparentemente enlouqueceu e se refugiou nas selvas do Camboja, onde comanda um exército de fanáticos. Neste filme é possível observar a referência às obras acima citadas (Genealogia  da Moral e Além do Bem e Mal) e à dicotomia Apollo x Dionísio.


Übermensch 

(termo originário do alemão que significa “Além do homem”, ou, “Super Homem” como é frequentemente traduzido), trata-se do conceito descrito no livro Assim Falou Zaratustra, em que Nietzsche elenca os passos através dos quais o Homem pode tornar-se um ‘Além-Homem’ (ou Além-do-humano). No caso do filme abaixo (Clube da Luta) podemos sentir a alusão a este conceito através da trajetória da personagem principal que, de alguma forma, revela-se como um novo homem, criando-se a si mesmo, desdenhando da moral da sociedade ao seu redor e confiando apenas em seu próprio ponto de vista moral, sinalizando que o confronto entre mestre e escravo pode acontecer de dentro para fora…

10. Clube da Luta (1999) | David Fincher

Para baixar o filme – CLIQUE AQUI!

o-clube-da-luta-filme-online
Clube da Luta (1999) | David Fincher

Jack é um executivo jovem, trabalha como investigador de seguros, mora confortavelmente, mas ele está cada vez mais insatisfeito com sua vida medíocre. Para piorar ele está enfrentando uma terrível crise de insônia, até que encontra uma cura inusitada para o sua falta de sono ao frequentar grupos de auto-ajuda. Nesses encontros ele passa a conviver com pessoas problemáticas como  Marla Singer e a conhecer estranhos como Tyler Durden . Misterioso e cheio de ideias, Tyler cria com Jack um grupo secreto que se encontra para extravasar suas angústias e tensões através de violentos combates corporais.

* Para aqueles queiram conhecer melhor os conceitos apontados nesta lista ou a obra e a filosofia de Nietzsche recomendamos:

Documentario-Nietzsche Nietzsche – Entre o Bem e o Mal | Documentário

 Friedrich Nietzsche – 18 livros em PDF 

 

 

Downloads via Filmes Cult

Arte, poesia e filosofia… Clique aqui e conheça nossa loja!

Nietzsche-e-Schopenhauer
Camiseta Nietzsche e Schopenhauer “Filosofar é preciso”, para ver é só clicar aqui!
GOSTOU DESTE POST?
QUER RECEBER NOSSAS NOVIDADES E CONTEÚDO EXCLUSIVO EM SEU E-MAIL?
ASSINE NOSSA NEWSLETTER !

 

Foucault x Chomsky: Existe alguma coisa que seja inata à natureza humana? | Debate em vídeo

O tema central do debate é a natureza humana, nele Chomsky e Foucault discorrem sobre os vários desdobramentos que o tema proporciona. Mais de 40 anos depois, é possível constatar que muitas das questões levantadas ainda aguardam respostas…

O debate aconteceu em 1971, foi promovido por uma TV holandesa e conduzido por Fons Elder, um ótimo mediador. O tema central da discussão é a natureza humana e sua abordagem acontece a partir de duas perspectivas centrais, num primeiro momento sob o ponto de vista epistemológico e, num segundo momento sob o ponto de vista político.

Nestas duas perspectivas, Michel Foucault e Noam Chomsky demonstram as divergências e as semelhanças de seus pensamentos, trata-se de uma ótima oportunidade para conhecer melhor os dois debatedores.

Para aqueles que gostaram deste post, indicamos os posts abaixo:

Foucault-por-ele-mesmo-e-contra-si-mesmo---Foucault-em-2-documentários “Foucault em 2 documentários”, para ver é só clicar aqui!

 

Chomsky-Documentarios-Online-Farofa-Filosofica“Comsky & Cia” | Documentário sobre Noam Chomsky, para ver é só clicar aqui!

Arte, poesia e filosofia… Clique aqui e conheça nossa loja!
Nietzsche,-Marx-e-Freud-Facebook
Camiseta Nietzsche, Marx e Freud, para ver clique aqui!
GOSTOU DESTE POST?
QUER RECEBER NOSSAS NOVIDADES E CONTEÚDO EXCLUSIVO EM SEU E-MAIL?
ASSINE NOSSA NEWSLETTER !

 

 

 

Cinema e Literatura: 10 filmes para ler (ou 10 livros para assistir)

Filme + Livro | 10 clássicos da literatura: para ler e assistir.

Dostoievski, Clarice Lispector, Kafka, Machado de Assis, George Orwell, Camus e por aí vai…

 

1 – Crime e castigo | Dostoiévski

crime-e-castigoA produção é dividida em dois episódios e foi considerada pela crítica britânica como a mais fiel adaptação do livro até o momento, a minissérie da BBC foi filmada em São Petersburgo, local onde a história se passa, trazendo um visual cinematográfico marcante e uma boa reconstituição de época, brindada com belas interpretações. Escrito por Fiódor Dostoiévski, o livro “Crime e Castigo” traz uma personagem psicologicamente perturbada, que resolve colocar em prática sua teoria filosófica que, por sua vez, fundamentava-se numa relação um tanto conflituosa entre a razão e a moral humana. Vale a pena assistir!

Para assistir ao filme Crime e castigoCLIQUE AQUI!
Para fazer o download do livro Crime e castigoCLIQUE AQUI!


2 – Morte e vida severina | João Cabral de Melo Neto

morte-e-vida-severina

Morte e Vida severina é um livro de João Cabral de Melo Neto publicado em 1955, trata-se de um relato sobre a dura trajetória do retirante sertanejo em busca de uma vida melhor na capital pernambucana. O título é uma alusão ao sofrimento enfrentado por Severino, personagem principal.

A animação em preto e branco, fiel à aspereza do texto original e aos traços do cartunista Miguel Falcão,  tem 55 minutos de duração e é incrível.

Para assistir à animação Morte e vida SeverinaCLIQUE AQUI!
Para fazer o download do livro Morte e Vida SeverinaCLIQUE AQUI!


3 – Germinal | Émile Zola

germinal-filme-e-livro‘Germinal’ é o nome do primeiro mês da primavera no calendário da Revolução Francesa. Ao usar essa palavra como título de seu livro, Zola associa as sementes das novas plantas à possibilidade de transformação social – por mais que se arranquem os brotos das mudanças, eles sempre voltarão a germinar. Trata-se de um dos grandes romances do século XIX. Para escrevê-lo, Émile Zola trabalhou como mineiro numa mina de carvão, onde ocorreu uma greve sangrenta que durou dois meses. Atuando como repórter, adotando uma linguagem rápida e crua, Zola pintou a vida política e social da época como poucos escritores. O filme é uma ótima adaptação do romance.

Para baixar o filme GerminalCLIQUE AQUI!
Para fazer o download do livro GerminalCLIQUE AQUI!


4 – A revolução dos bichos | George Orwell

a-revolucao-dos-bichos-filme-e-livroEscrita por George Orwell em plena Segunda Guerra Mundial e publicada em 1945 depois de ter sido rejeitada por várias editoras, essa pequena narrativa causou desconforto ao satirizar ferozmente a ditadura stalinista numa época em que os soviéticos ainda eram aliados do Ocidente na luta contra o eixo nazifascista.

Contudo, com o acirramento da Guerra Fria,  o livro passa a ser amplamente usado pelo Ocidente nas décadas seguintes como arma ideológica contra o comunismo. O próprio Orwell, adepto do socialismo (Orwell se definia como um “socialista democrático”) e inimigo de qualquer forma de manipulação política, sentiu-se incomodado com a utilização de sua fábula como panfleto.

Para assistir ao filme Revolução dos bichosCLIQUE AQUI!
Para fazer o download do livro Revolução dos bichosCLIQUE AQUI!


5 – A hora da estrela | Clarice Lispector

a-hora-da-estrela-filme-e-livroO romance A hora da estrela de Clarice Lispector narra as desventuras de Macabéa, uma moça sonhadora e ingênua, recém-chegada do Nordeste ao Rio de Janeiro, às voltas com os valores de uma cultura diferente. Sentindo dores constantes, Macabéa vai ao médico e descobre que tem tuberculose, mas não conta a ninguém.

Trata-se de uma obra muito sensível e cativante, e muito bem retratada pelo filme de 1985, dirigido por Suzana Amaral, a adaptação, inclusive, entrou em 2015 para a lista da Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abraccine) como um dos 100 melhores filmes brasileiros de todos os tempos.

Para assistir ao filme A hora da estrela  – CLIQUE AQUI!
Para fazer o download do livro A hora da estrela  – CLIQUE AQUI!


6 – Memórias do Cárcere | Graciliano Ramos

memorias-do-carcere-filme-e-livroO filme e o livro relatam as experiências do escritor na cadeia, preso em 1936 por conta de seu envolvimento político, ainda que, a acusação formal nunca tenha sido feita… Neste período Graciliano descreve, entre outros acontecimentos, a entrega de Olga Benário para a Gestapo, além de sua convivência com outros presos políticos… Comenta também o processo de realização e publicação de Angústia, uma de suas melhores obras.

Enfim, trata-se de um filme e um livro que valem a pena não só pelo seu aspecto literário como também pelo relato histórico de um período tão importante da história do Brasil.

Para assistir ao filme Memórias do CárcereCLIQUE AQUI!
Para fazer o download do livro Memórias do CárcereCLIQUE AQUI!


7 – O estrangeiro | Albert Camus

o-estrangeiro-filme-e-livroO livro O estrangeiro (1942) tornou-se uma das obras mais conhecidas de Albert Camus. O romance reflete a tese existencialista de que a vida carece de sentido. Seu impassível protagonista, condenado por um crime absurdo cometido sem nenhuma justificativa, sente-se estranho diante da realidade que o rodeia, a vida vai se desenrolando como se ele fosse um estrangeiro, não em relação a um país, mas em relação à humanidade. O romance começa com a morte de sua mãe em um asilo e o enterro, acontecimentos diante dos quais ele não demonstra nenhuma tristeza. Tudo em sua vida é indiferente.

Para assistir ao filme O estrangeiroCLIQUE AQUI!
Para fazer o download do livro O estrangeiroCLIQUE AQUI!


8 – Memórias Póstumas de Brás Cubas

memorias-postumas-de-bras-cubas-filme-e-livroApós ter morrido, em pleno ano de 1869, Brás Cubas decide por narrar sua história e revisitar os fatos mais importantes de sua vida, a fim de se distrair na eternidade. A partir de então ele relembra de amigos como Quincas Borba, de sua displicente formação acadêmica em Portugal, dos amores de sua vida e ainda do privilégio que teve de nunca ter precisado trabalhar em sua vida.O filme é uma adaptação do livro homônimo, de Machado de Assis.

Para fazer o download do  filme Memórias Póstumas de Brás CubasCLIQUE AQUI!
Para fazer o download do livro Memórias Póstumas de Brás CubasCLIQUE AQUI!


9 – A metamorfose | Franz Kafka

a-metamorfose-kafka-filme-e-livroO livro A metamorfose (Die Verwandlung) foi publicado pela primeira vez em 1915 nele, Kafka, descreve uma caixeiro viajante (Gregor Samsa) que abandona suas vontades e desejos para sustentar a família e pagar a dívida dos pais. Numa manhã, Gregor acorda metamorfoseado em um inseto monstruoso.

O filme é de 2002 e é, também, uma adaptação bastante fiel à obra. Vale destacar que o diretor Valeri Fokin  é um diretor russo de teatro, fato que conferiu ao filme um tom bastante singular, dialogando de forma peculiar com a obra escrita.

Para assistir ao filme A metamorfoseCLIQUE AQUI!
Para fazer o download do livro A metamorfoseCLIQUE AQUI!


10 – 1984 | George Orwell

1984-filme-e-livroQuando foi publicada em 1949, poucos meses antes da morte do autor, essa assustadora distopia datada de forma arbitrária num futuro perigosamente próximo logo experimentaria um imenso sucesso de público. Seus principais ingredientes – um homem sozinho desafiando uma tremenda ditadura; sexo furtivo e libertador; horrores letais – atraíram leitores de todas as idades, à esquerda e à direita do espectro político, com maior ou menor grau de instrução. À parte isso, a escrita translúcida de George Orwell, os personagens fortes, traçados a carvão por um vigoroso desenhista de personalidades, a trama seca e crua e o tom de sátira sombria garantiram a entrada precoce de 1984 no restrito panteão dos grandes clássicos modernos.

Para assistir ao filme 1984CLIQUE AQUI!
Para fazer o download do livro 1984CLIQUE AQUI!
 …

Arte, poesia e filosofia… Clique aqui e conheça nossa loja!

Guimaraes-Coragem-Slide
Camiseta Guimarães Rosa “Coragem”, para ver é só clicar aqui!
GOSTOU DESTE POST?
QUER RECEBER NOSSAS NOVIDADES E CONTEÚDO EXCLUSIVO EM SEU E-MAIL?
ASSINE NOSSA NEWSLETTER !

 

 

O estrangeiro – Albert Camus | Filme e livro

“Não seria errado ler “O Estrangeiro” como a história de um homem que, sem nenhuma atitude heróica, aceita morrer pela verdade. Meursault para mim não é um perdido, mas um homem pobre e nu, apaixonado pelo sol que não faz sombra. Longe de ser privado de toda sensibilidade, uma paixão profunda, porque tenaz, o anima – a paixão do absoluto e da verdade.”

Assim se expressou Albert Camus a respeito de sua obra “O Estrangeiro”, numa entrevista de 1955. Tudo neste livro despertou paixões e polêmicas na época de sua publicação: seu autor, seus personagens e suas idéias…

O livro O estrangeiro (1942) tornou-se um de suas obras mais conhecidas. O romance reflete a tese existencialista de que a vida carece de sentido. Seu impassível protagonista, condenado por um crime absurdo cometido sem nenhuma justificativa, sente-se estranho diante da realidade que o rodeia, a vida vai se desenrolando como se ele fosse um estrangeiro, não em relação a um país, mas em relação à humanidade. O romance começa com a morte de sua mãe em um asilo e o enterro, acontecimentos diante dos quais ele não demonstra nenhuma tristeza. Tudo em sua vida é indiferente.

Livro:

Para fazer o download do livro “O estrangeiro” em PDF – CLIQUE AQUI!

Filme:

Download via Lelivros

Albert-Camus-Livros-Download-FAROFA-fILOSOFICAPara aqueles que gostaram deste post indicamos também o post “Albert Camus | 7 livros para download”, para ver é só clicar aqui!

Arte, poesia e filosofia… Clique aqui e conheça nossa loja!
Sartre-Livre-Slide
Camiseta Sartre “Livre”, para ver é só clicar aqui!
GOSTOU DESTE POST?
QUER RECEBER NOSSAS NOVIDADES E CONTEÚDO EXCLUSIVO EM SEU E-MAIL?
ASSINE NOSSA NEWSLETTER !

A metamorfose – Franz Kafka | Filme e livro

Livro “A metamorfose” de Franz Kafka: filme (online) e livro (em PDF).

A obra reúne diversas chaves para a literatura de Kafka que, partindo de um acontecimento fantástico – a transformação de uma pessoa em inseto -, propõe uma profunda reflexão sobre muitos dos temas e obsessões que dominam sua narrativa: as relações difíceis entre pais e filhos, a solidão, a melancolia, o autoritarismo e a falta de explicação lógica para o destino de uma pessoa.


Franz Kafka (1883 – 1924), escritor checo de língua alemã, criou uma das obras mais originais do século XX, fruto de uma personalidade complexa e atormentada, mas também de uma intuição e talento literário únicos. As preocupações de sua literatura são ainda plenamente atuais e expressam muitas das inquietudes do século XX. Suas obras, que em grande maioria permaneceram inéditas até sua morte, descrevem um universo angustiante e opressivo em que o indivíduo está sozinho e impotente diante da burocracia, da justiça, do poder e da sociedade, que aparecem diante dele como algo hostil e incompreensível.

“Por meio de choques ele (Kafka) destrói no leitor a tranquilidade contemplativa diante da coisa lida. Seus romances, se é que de fato eles ainda cabem nesse conceito, são a resposta antecipada a uma constituição do mundo na qual a atitude contemplativa tornou-se um sarcasmo sangrento, porque a permanente ameaça da catástrofe não permite mais a observação imparcial, e nem mesmo a imitação estética dessa situação” (ADORNO, T. Notas de Literatura I. São Paulo: Editora 34, 2003, p.61)

O livro A metamorfose (Die Verwandlung) foi publicado pela primeira vez em 1915 e tornou-se a sua obra mais conhecida. Nela, Kafka, descreve uma caixeiro viajante (Gregor Samsa) que abandona suas vontades e desejos para sustentar a família e pagar a dívida dos pais. Numa manhã, Gregor acorda metamorfoseado em um inseto monstruoso. Nos primeiros momentos, o livro descreve as dificuldades iniciais de Gregor em sua nova forma. Uma ironia presente neste trecho do livro é que Gregor não se preocupa com sua transformação, mas sim como está atrasado para o trabalho…


Para fazer o download do livro “A metamorfose” – CLIQUE AQUI!

Já o filme russo “A metamorfose” de 2002 é uma adaptação bastante fiel à obra. Vale destacar que o diretor Valeri Fokin  é um diretor de teatro, fato que conferiu ao filme um tom bastante singular, dialogando de forma peculiar com a obra escrita.

Franz_Kafka-Livros-Download-Pdf-GratuitoPara aqueles que gostaram deste post indicamos também o post “Kafka vai ao cinema | 6 filmes inspirados/baseados em sua obra”, para ver é só clicar aqui!

Arte, poesia e filosofia… Clique aqui e conheça nossa loja!
Saramago2
Caneca Saramago “Ilha”, para ver é só clicar aqui!
GOSTOU DESTE POST?
QUER RECEBER NOSSAS NOVIDADES E CONTEÚDO EXCLUSIVO EM SEU E-MAIL?
ASSINE NOSSA NEWSLETTER !

 

A História da Psicanálise em 6 filmes e documentários

A ideia desta lista é destacar eventos importantes para a História da Psicanálise por meio de alguns filmes e documentários. Uma tentativa de elencar certos acontecimentos, teorias e autores numa perspectiva (mais ou menos) temporal e/ou histórica, desde os primeiros passos do médico Josef Breuer, professor de Freud, em seu método de “cura pela fala”, passando por Freud, Jung, Sabina Spielrein e Nise da Silveira até os caminhos e descaminhos da Psicanálise em seu viés acadêmico (Encontro com Lacan) e mercadológico (O século do ego).

Assim, separamos 3 filmes, 3 documentários e 2 indicações para essa missão. Confira:

1. Quando Nietzsche chorou

quando-nietzsche-chorou-filmeO filme é baseado no romance de Irvin Yalom e conta a história de um encontro fictício entre o filósofo alemão Friedrich Nietzsche e o médico Josef Breuer, professor de Sigmund Freud. Ainda que se trate de uma ficção, grande parte das personagens e eventos retratados no filme de fato existiram, como é o caso do médico Josef Breuer, um dos pioneiros no método de “cura pela fala” ou “terapia através da fala”, e das personagens Bertha e “Ziggy”.

Joseph Breuer realmente foi professor de Freud (retratado no filme como “Ziggy“) e a relação com Bertha também aconteceu, inclusive, dessa experiência ( registrada na ficha médica como “Anna O”) Breuer concluiu que os sintomas neuróticos resultam de processos inconscientes e desaparecem quando esses processos se tornam conscientes, denominando esse processo como “catarse”. Em 1893, Freud e Breuer  publicaram em conjunto um artigo sobre o método desenvolvido, e dois anos depois publicaram um dos livros que marcariam o início da teoria psicanalítica, Studien über Hysterie (“Estudos sobre a histeria”).

Para assistir ao filme “Quando Nietzsche chorou” – CLIQUE AQUI!

2. Um método perigoso

um-metodo-perigoso-filme

No filme o jovem psicanalista Carl Jung começa um tratamento inovador na histérica Sabina Spielrein, sob influência de seu mestre e futuro colega, Sigmund Freud. Neste filme destacamos as várias fases da relação entre Freud e Jung, que inicia-se a partir de uma forte e recíproca amizade, passa por inúmeras discordâncias e culmina num afastamento ressentido. 

Outro destaque importante é a personagem Sabina Spielrein que de fato existiu e, como relatado no filme, foi paciente de Carl Jung. Mais tarde, após seu tratamento formou-se em medicina e tornou-se uma das primeiras mulheres psicanalistas do mundo.

Para assistir ao filme “Um método perigoso” – CLIQUE AQUI!

*Destacamos aqui uma de nossas indicações mencionadas acima, trata-se da entrevista de Carl Jung à BBC em 1959, uma ótima oportunidade para ouvir o próprio Jung falar sobre alguns temas abordados pelo filme, inclusive, sobre sua relação com Freud. O link para esta entrevista está no final desta lista.


3. Freud | Análise de uma mente

Sigmund Freud

O documentário é um ótimo recorte biográfico para aqueles que queiram conhecer melhor o pensamento e a obra de Freud além, de ser uma boa oportunidade para acompanhar os primeiros passos da Psicanálise. Neste documentário, vale destacar os “encontros” na vida de Freud que, mais tarde, se mostrariam fundamentais para a formulação de seus conceitos mais elementares como, por exemplo,  o trabalho com o médico francês Jean-Martim Charcot, psiquiatra que estudava a histeria e com quem Freud conheceria a hipnose e seus usos.

O documentário também destaca o trabalho de Freud para “elevar” a Psicologia e a Psicanálise à condição de ciência, sua difícil relação com a sociedade vienense na condição de judeu e sua relação com Carl Jung desde os primeiros contatos até o completo afastamento e rivalidade.

Para assistir ao documentário “Freud | Análise de uma mente” – CLIQUE AQUI!

4. Nise | O coração da loucura

nise-o-coracao-da-loucura-filmeA psiquiatra Nise da Silveira trabalha num hospital psiquiátrico no subúrbio do Rio de Janeiro e se recusa a empregar o eletrochoque e a lobotomia no tratamento dos esquizofrênicos. Isolada pelos médicos, ela assume o abandonado Setor de Terapia Ocupacional e começa a desenvolver  com estes paciente um tratamento psiquiátrico, mais humano, mediado pela arte.

O filme retrata um momento da vida da psiquiatra Nise da Silveira, pioneira da terapia ocupacional no Brasil, no entanto, ilustra os primeiros passos da psicanálise no país em contraposição a um ambiente ainda marcado pelo uso frequente de lobotomias e eletrochoques. Neste sentido, destaca-se no filme o momento em que, numa discussão acirrada com um colega médico defensor da técnica da lobotomia, Nise diz: “O meu instrumento é o pincel. O seu é o picador de gelo”, numa alusão ao instrumento usado nos primórdios da lobotomia, esta cena é uma boa metáfora para o modelo de tratamento psiquiátrico no Brasil naquela época.

Para baixar o filme “Nise | O coração da loucura” – CLIQUE AQUI!

*A segunda indicação, conforme mencionamos na introdução, é o documentário Holocausto Brasileiro, trata-se de uma boa oportunidade para conhecer melhor o “tratamento psiquiátrico” dispensado aos internos de um dos maiores hospitais psiquiátricos do Brasil (hoje desativado). O link para este documentário está no final desta lista.


5. O século do Ego

1Trata-se de uma série de documentários da BBC com 4 episódios. Os documentários procuram analisar a maneira como, ao longo das últimas décadas, as teorias do inconsciente de Freud foram sendo apropriadas pelo marketing e pela propaganda e passaram a ser aplicadas ao mercado e à política influenciando a maneira como governos e empresas passaram a lidar com as “massas”.

Para assistir à série de documentários “O século do ego” – CLIQUE AQUI!


6. Encontro com Lacan
Jacques Lacan - Um encontro com Lacan/Documentário
Jacques Lacan – Um encontro com Lacan/Documentário

Enquanto criava e desenvolvia as bases teóricas e práticas da psicanálise, Sigmund Freud (1856-1939) se correspondia e participava de encontros com colegas e discípulos. O grupo promoveu congressos regulares a partir de 1908 e formou a Associação Psicanalítica Internacional. Das ramificações desse núcleo surgiram as gerações posteriores de psicanalistas, uma delas tem como principal representante o médico francês Jacques Lacan (1901-1981).

Lacan procurou articular a psicanálise a diferentes campos do saber, como arte, literatura, ciência e filosofia, sendo apontado como um importante representante da psicanálise do século XX e um dos seus principais representantes.

Para assistir ao documentário “Encontro com Lacan” – CLIQUE AQUI!

*Indicações:

CARL JUNG: entrevistas

jung-carl-gustavJung fala sobre diversos assuntos, incluindo sua relação com Freud, destacando o início da amizade entre os dois e os motivos pelos quais aquela amizade, do seu ponto de vista, jamais poderia durar…

Para assistir à entrevista – CLIQUE AQUI!

Holocausto Brasileiro

holocausto-brasilieiroO documentário aborda o período de funcionamento do Hospital Colônia de Barbacena e o “tratamento psiquiátrico” oferecido aos seus pacientes, retratando as bases do modelo de tratamento psiquiátrico que vigorou no Brasil durante muitas décadas.

Para assistir ao documentário – CLIQUE AQUI!

Arte, poesia e filosofia… Clique aqui e conheça nossa loja!
Lacan-Slide
Camiseta Lacan “Cisão”, para ver é só clicar aqui!
GOSTOU DESTE POST?
QUER RECEBER NOSSAS NOVIDADES E CONTEÚDO EXCLUSIVO EM SEU E-MAIL?
ASSINE NOSSA NEWSLETTER !

 

Nas terras do bem virá | Documentário

O documentário procura investigar os conflitos agrários no Pará, suas origens e desdobramentos: trabalho escravo, concentração fundiária, desmatamentos, confrontos armados, emboscadas, etc.


O Pará é um dos campeões brasileiros em trabalho escravo: só em 2006, fiscalizações do governo federal libertaram no estado 1.180 trabalhadores da escravidão. O estado também está em primeiro lugar nos rankings de desmatamento ilegal e de conflitos de terra – segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) e a Comissão Pastoral da Terra (CPT), respectivamente.

É justamente esta realidade que o documentário aborda e, partir de depoimentos e histórias de vida de pessoas que vivem essa realidade, procura-se investigar as muitas personagens que participam destes conflitos.

Vale ressaltar o viés histórico do documentário, já que conta com importantes imagens de arquivo, como é o caso do Massacre de Eldorado dos Carajás, de 1996, revisitado, em imagens e depoimentos. Outro episódio de violência para o qual o documentário chama a atenção é o caso da freira Dorothy Stang, assassinada em 2004 a mando de fazendeiros locais, destacando que episódios similares a este ainda ocorrem com frequência.

Direção: Alexandre Rampazzo | Produção: Tatiana Polastri | Ano: 2007 | Duração: 110 minutos

Arte, poesia e filosofia… Clique aqui e conheça nossa loja!

Fernando-Pessoa---Para-o-diabo---Pop-2
Camiseta Fernando Pessoa “Para o diabo”, para ver clique aqui!
GOSTOU DESTE POST?
QUER RECEBER NOSSAS NOVIDADES E CONTEÚDO EXCLUSIVO EM SEU E-MAIL?
ASSINE NOSSA NEWSLETTER !

Cartas para Angola | Documentário

Brasil e Angola são duas margens do Atlântico que possuem a mesma língua, um passado colonial em comum e muitas histórias compartilhadas. Neste filme, pessoas separadas por um oceano trocam correspondências – alguns são amigos de longa data, outros nunca se viram. Suas histórias se entrecruzam e contam sobre fluxos de migração, saudade, pertencimento, guerra, preconceitos, exílio, distâncias… A busca da identidade e o fio da memória são conduzidos pela linha da afetividade, que une as sete duplas de interlocutores que o documentário nos apresenta: pessoas que traçaram suas histórias de vida entre Brasil, Angola e Portugal.

 

Para mais informações sobre o documentário recomendamos o site do filme, nele é possível encontrar mais informações sobre o trabalho: clique aqui.

Arte, poesia e filosofia… Clique aqui e conheça nossa loja!

Clarice-Lispector---Ato-e-fato-Pop2
Camiseta Clarice Lispector “Ato e fato”, para ver clique aqui!
GOSTOU DESTE POST?
QUER RECEBER NOSSAS NOVIDADES E CONTEÚDO EXCLUSIVO EM SEU E-MAIL?
ASSINE NOSSA NEWSLETTER !

Martin Heidegger | Humano demasiado humano – Documentário BBC

O documentário aborda a vida e a obra de Martin Heidegger (1889 – 1976), filósofo alemão que influenciou muitos outros filósofos, dentre os quais Jean-Paul Sartre. Heidegger propõe a existência humana como ponto de partida da reflexão filosófica. O mundo, para ele, não é um conjunto de objetos, mas, um traço fundamental, constitutivo do homem.

Martin Heidegger (1889 – 1976) não se limita a constatar que o homem está no mundo. Afirma que ele é um ser no mundo. Essa afirmação não deve ser entendida como uma simples localização num espaço, e, sim, como uma característica fundamental da existência humana, como algo que a constitui.

Em sua filosofia podem ser distinguidas duas fases: na primeira dela, representada pela sua obra O ser e o tempo (1927), a ideia central é o questionamento do ser; na segunda, seu pensamento aparece formulado de forma mais assistemática e a reflexão sobre o ser encontra-se unida à reflexão sobre a linguagem.

O documentário produzido pela BBC acompanha diversas passagens importantes sobre a vida e a obra do filósofo e é uma ótima oportunidade para conhecer melhor Martin Heidegger.

Direção: Alain de Botton | Ano: 1999 | Duração: 47min.

 

Martin-Heidegger---Bibliografia-Farofa-FilosoficaPara aqueles que gostaram deste post, indicamos também o post “Martin Heidegger | Bibliografia para download”, para ver é só clicar aqui!

Arte, poesia e filosofia… Clique aqui e conheça nossa loja!
Sartre-Livre-Slide
Camiseta Sartre “Livre, para ver é só clicar aqui!
GOSTOU DESTE POST?
QUER RECEBER NOSSAS NOVIDADES E CONTEÚDO EXCLUSIVO EM SEU E-MAIL?
ASSINE NOSSA NEWSLETTER !

 

A história do samba em 9 documentários

A primeira menção de que se tem notícia à palavra “samba” ocorreu em 1838. Foi escrita num jornal satírico de Pernambuco, O carapuceiro, e não tinha o mesmo sentido que se dá hoje ao termo. Tratava-se de referência a uma festa de origem africana.

A etimologia da palavra é motivo de controvérsia entre linguistas. Para alguns, vem de uma dança africana semelhante ao batuque. Para outros, é oriunda de um passo de dança, a “semba”.

Seria só em 1916, no entanto, que o primeiro samba, “Pelo telefone”, de Donga e Mauro de Almeida, seria registrado na Biblioteca Nacional, para onde foi levada a partitura. De lá para cá o samba se popularizou e se modificou também, dando origem a inúmeras variações. Para citar algumas: samba de breque, samba-enredo, samba exaltação, sambalanço, samba de quadra, samba de roda, samba raiado, samba-de-partido-alto e muitos outros.

Separamos 9 documentários sobre o samba e suas histórias. O samba sob vários pontos de vista: escolas de samba, samba de resistência, samba de roda, partido-alto, etc.Confira:

O mistério do samba | Velha Guarda da Portela (Ano: 2008| Duração: 90 minutos)

o-misterio-do-samba-documentario

Dirigido por Lula Buarque de Hollanda e Carolina Jabor, o filme levou 10 anos para ficar pronto. Mas, valeu a pena! O documentário procura resgatar a história de uma das escolas de samba mais antigas e tradicionais do país: a Portela.

Para assistir ao documentário CLIQUE AQUI!

 


As batidas do samba (Ano: 2010 | Duração: 82 minutos)

as-batidas-do-samba-documentario

O documentário de 82 minutos dirigido por Bebeto Abrantes, procura registrar a evolução da batida do samba carioca desde o início do século XX. Detalha-se o processo de introdução dos instrumentos de percussão e sua transformação para dar ao ritmo a peculiaridade que caracteriza o samba no Rio de Janeiro.

Para assistir ao documentário CLIQUE AQUI!

 


Lavapés, a resistência do samba (Ano: 2012 | Duração: 29 minutos)

lavapes-a-resistencia-do-sambaFundada em 1937, a mais antiga Escola de Samba de São Paulo, a S.R.B.E. Lavapés, luta diariamente para voltar à elite do Carnaval paulistano sem deixar de lado sua cultura e tradição. O documentário retrata a força e o empenho de uma família, comandada por Rosemeire Marcondes, que batalha diariamente para manter uma agremiação sem nenhum apoio financeiro.  O documentário é produto do TCC realizado em 2012 pelos alunos Bruno Ravagnani e Caio Ramos Guilherme Cintra da Faculdade Cásper Líbero.

Para assistir ao documentário CLIQUE AQUI!

 


Samba de roda na palma da mão (Ano: 2008 | Duração: 35 minutos)

o-samba-de-roda-na-palma-da-mao-documentario

Em novembro de 2005 a Unesco declara o Samba de Roda do Recôncavo Bahiano Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade. Dirigido por Jorge Pacoa, o documentário busca prestar uma modesta homenagem às pessoas que tornaram essa realização possível, registrando suas histórias de vida e, principalmente, seus sambas.

Para assistir ao documentário CLIQUE AQUI!

 


A história do samba (Ano: 1987 | Duração: 58 minutos)

Sem-Título-1_phixr (1)

O título original deste documentário é Cariocas les musiciens de la ville (“Músicos cariocas da cidade“) trata-se de um documentário de Janine Houard, lançado em 1987. O título “A verdadeira história do samba” ou  “A história do samba” veio bem depois de seu lançamento. Trata-se de um registro histórico importante para o samba como um todo.

Para assistir ao documentário CLIQUE AQUI!

 


Samba (Ano: 2000 | Duração: 58 minutos)

samba-documentario

O documentário de Thereza Jessouroun tem como foco principal a discussão do samba enquanto dança. Revela o mundo e a vida dos passistas da Escola de Samba Estação Primeira de Mangueira, o samba das biroscas do alto do morro, dos ensaios técnicos realizados sem fantasia e de pé no chão, ou das rodas de samba das esquinas da favela.

Para assistir ao documentário CLIQUE AQUI!

 


Partido Alto (Ano: 1982 | Duração:80 minutos)

partido-alto-documentarioCom raízes na batucada baiana, o partido alto sofre diversas variações pois, ao contrário do samba comprometido com o espetáculo, trata-se de uma forma livre de expressão e comunicação imediata, com versos simples e improvisados. Partido Alto é uma forma de comunhão, reunindo sambistas em qualquer lugar e hora pelo simples prazer de se divertir. Trata-se de um documentário produzido em 1982, portanto, a qualidade da imagem deixa a desejar, no entanto, do ponto de vista de conteúdo é um ótimo documentário e um registro histórico super importante para o samba como um todo.

Para assistir ao documentário CLIQUE AQUI!

 


Onde dorme a coruja (Ano: 2012 | Duração: 72 minutos)

onde-dorme-a-coruja

O documentário aborda a relação de Bezerra da Silva com seus compositores, egressos dos morros cariocas e da Baixada Fluminense, muitos deles, profissionais de segmentos populares do mercado de trabalho, como carteiros, trocadores de ônibus, pedreiros e biscateiros de um modo geral.

Para assistir ao documentário CLIQUE AQUI!

 


Do samba à bossa (Ano: 2007 | Duração: 1 hora)

do-samba-a-bossaTrata-se de uma produção da BBC sobre a música brasiliera, no primeiro capítulo, “Do Samba à Bossa”, realiza-se um resgate dos tempos da escravidão no Brasil. Na cidade de Salvador, a primeira capital do país, os escravos trazidos da África mantêm suas tradições musicais e religiosas durante gerações. Seu descendentes dão início ao samba de roda.Com o fim da escravatura, em 1888, os negros ganham alforria  e, libertos das plantações, migram do nordeste para o sudeste – onde encontrava-se a nova capital brasileira, o Rio de Janeiro. A partir do êxodo, a música trazida por eles começa a sofrer influências de uma população majoritariamente branca e europeia. O misto de ritmos origina outras vertentes do samba…

Para assistir ao documentário CLIQUE AQUI!

 

Arte, poesia e filosofia… Clique aqui e conheça nossa loja!
Guimaraes-Coragem-Slide
Camiseta Guimarães Rosa “Coragem”, para ver é só clicar aqui!
GOSTOU DESTE POST?
QUER RECEBER NOSSAS NOVIDADES E CONTEÚDO EXCLUSIVO EM SEU E-MAIL?
ASSINE NOSSA NEWSLETTER !

 

O que é um ato de criação? Gilles Deleuze

Vídeo conferência na Fundação Européia de Imagem e Som


Trata-se da conferência proferida no “Mardis de la Fondation” (Fundação Européia de Imagem e Som) em março de 1987. Nela, durante 50 minutos, Gilles Deleuze levanta algumas questões relacionadas ao ato de “fazer cinema”, de criar… Sem deixar de relacionar essas questões com a filosofia, com o “fazer filosofia”…

Trata-se de uma boa oportunidade para conhecer melhor o autor em um vídeo raro e com uma qualidade de imagem também rara para época.

gilles-deleuze-18-livros-para-download-gratuito-Farofa-Filosofica

Para aqueles que gostaram deste post, indicamos também o post “Deleuze | Bibliografia em PDF: 18 livros para download”, para ver é só clicar aqui!

Arte, poesia e filosofia… Clique aqui e conheça nossa loja!
Sartre-Livre-Slide
Camiseta Sartre “Livre”, para ver é só clicar aqui!

GOSTOU DESTE POST?
QUER RECEBER NOSSAS NOVIDADES E CONTEÚDO EXCLUSIVO EM SEU E-MAIL? ASSINE NOSSA NEWSLETTER !

 

Holocausto Brasileiro | Documentário

O documentário é um registro sobre os horrores do “hospital psiquiátrico” Colônia de Barbacena, em Minas Gerais. O estabelecimento funcionou por 80 anos e, durante esse período, em suas dependências morreram 60 mil pessoas, ou seja, uma média de 750 pessoas mortas por ano!

A produção é uma adaptação do livro homônimo escrito por Daniela Arbex, trata-se de um retrato aprofundado e contundente sobre os eventos que ficaram conhecidos como Holocausto Brasileiro. No “hospital psiquiátrico” de Barbacena os pacientes foram submetidos ao frio, à fome e a uma infinidade de doenças, por 8 décadas… Foram torturados, violentados e mortos. Seus cadáveres foram vendidos para faculdades de medicina, e as ossadas comercializadas. Há registros de pelo menos 1.800 corpos vendidos para faculdades de medicina como “peças anatômicas”. E, tudo isso de forma institucionalizada…

Tratavam-se de pessoas que estavam ali porque alguém as tinha declarado “loucas”. No entanto, em muitos casos,  tratavam-se de moradores de rua, andarilhos, epilépticos, alcóolatras, homossexuais, prostitutas, meninas grávidas de seus patrões, moças que perderam a virgindade antes do casamento, crianças rejeitadas pelos pais por não serem perfeitas… Enfim, pessoas que não se encaixavam numa dita “normalidade” e, que precisavam ser “escondidas” da sociedade por algum motivo…

O fato é que no “hospital psiquiátrico” cerca de 60 mil pessoas morreram durante os 80 anos de funcionamento do hospital, ou seja, uma média de 750 pessoas mortas por ano! O documentário procura fazer um inventário sobre o ocorrido trazendo entrevistas com ex-internos, ex-funcionários, fotógrafos e jornalistas. Além de resgatar passagens históricas  raras e contudentes.

Para aqueles que queiram se aprofundar no assunto indicamos também o documentário “Em nome da razão” de 1979 do cineasta Helvécio Ratton. O documentário de 23 minutos é filmado quase que totalmente nas dependências do hospital, o texto narrado em off propõe uma reflexão sobre a função social do manicômio, a quem serve um hospital psiquiátrico nesses moldes, quem são as pessoas enviadas para lá e qual o processo de ‘cura’ proposta. Para assistir ao documentário “Em nome da razão” CLIQUE AQUI!

A-historia-da-Psicanalise-em-6-filmes-Farofa-FilosoficaPara aqueles que gostaram deste post, indicamos também o post “A História daPsicanálise em 6 filmes e documentários”, para ver é só clicar aqui!

Arte, poesia e filosofia… Clique aqui e conheça nossa loja!
Prato-do-dia-Slide
Camiseta “Prato do dia”, para ver é só clicar aqui!
GOSTOU DESTE POST?
QUER RECEBER NOSSAS NOVIDADES E CONTEÚDO EXCLUSIVO EM SEU E-MAIL?
ASSINE NOSSA NEWSLETTER !

 

 

“Chomsky & Cia.” | Documentário sobre Noam Chomsky

Noam Chomsky tornou-se um autor fundamental no que refere à linguística moderna, com a formulação teórica e o desenvolvimento do conceito de gramática transformacional, ou generativa, cuja principal novidade seria a distinção de dois níveis diferentes na análise das frases: por um lado, a “estrutura profunda”, conjunto de regras de grande generalidade a partir das quais seria gerada a “estrutura superficial” da frase.

Este método permite basear a identidade estrutural profunda entre frases superficialmente diferentes, mais ou menos como acontece com a voz ativa e a voz passiva em uma frase. No nível profundo, a pessoa possui um conhecimento tácito das estruturas fundamentais da gramática, que Chomsky considera, em grande medida, inato. Neste sentido, seria possível pensar em uma espécie de gramática universal.

O documentário Chomsky & Cia. é um documentário francês de Olivier Azam e Daniel Mermet, lançado em 2008. Trata-se de uma coletânea de entrevistas com vários intelectuais, inclusive o próprio Chomsky, destacando sua maneira de compreender os paradoxos existentes no funcionamento das democracias neoliberais.

Chomsky e Cia (2008)

Foucault-x-Chomsky-Debate-Online-Farofa-FilosoficaPara aqueles que gostaram deste post indicamos também o post “Foucault x Chomsky: Existe alguma coisa que seja inata à natureza humana? | Debate em vídeo”, para ver clique aqui!

Arte, poesia e filosofia… Clique aqui e conheça nossa loja!
Prato-do-dia-Slide
Camiseta Prato do dia, para ver clique aqui!
GOSTOU DESTE POST?
QUER RECEBER NOSSAS NOVIDADES E CONTEÚDO EXCLUSIVO EM SEU E-MAIL?
ASSINE NOSSA NEWSLETTER !

 

O povo brasileiro – A formação e o sentido do Brasil / Darcy Ribeiro – Livro e documentário

A formação étnica e cultural do Brasil a partir da perspectiva do antropólogo Darcy Ribeiro em livro e vídeo.

O documentário, dirigido por Isa Grinspum Ferraz, busca analisar as várias “matrizes” que contribuíram para a formação étnica e cultural do povo brasileiro. O trabalho é baseado no livro O Povo Brasileiro: a Formação e o Sentido do Brasil do antropólogo Darcy Ribeiro, e conta com diversas participações do autor. Trata-se de uma ótima oportunidade para pensar/conhecer a formação cultural e étnica do Brasil. Para aqueles que gostam de História do Brasil também é uma boa oportunidade, já que a produção conta com recortes históricos importantes.

O livro O Povo Brasileiro: a Formação e o Sentido do Brasil apresenta as formas pelas quais a empresa “Brasil” moldou as zonas de habitação humana no território nacional e sua influência na miscigenação das 3 matrizes básicas formadoras do brasileiro.

Segue abaixo, um pequeno trecho do livro e, mais abaixo, em vermelho, o link para download da obra:

“Todos nós, brasileiros, somos carne da carne daqueles pretos e índios supliciados.Todos nós brasileiros somos, por igual, a mão possessa que os supliciou. A doçura mais terna e a crueldade mais atroz aqui se conjugaram para fazer de nós a gente sentida e sofrida que somos e a gente insensível e brutal, que também somos. Descendentes de escravos e de senhores de escravos seremos sempre servos da malignidade destilada e instalada em nós, tanto pelo sentimento da dor intencionalmente produzida para doer mais, quanto pelo exercício da brutalidade sobre homens, sobre mulheres, sobre crianças convertidas em pasto de nossa fúria.

A mais terrível de nossas heranças é esta de levar sempre conosco a cicatriz de torturador impressa na alma e pronta a explodir na brutalidade racista e classista.”

O Povo Brasileiro, p.120

Livro:

 Para fazer o download do livro – CLIQUE AQUI!

Documentário:

Parte 1:

Parte 2:

Arte, poesia e filosofia… Clique aqui e conheça nossa loja!
Guimaraes-Coragem-Slide
Camiseta Guimarães Rosa “Coragem”, para ver é só clicar aqui!
GOSTOU DESTE POST?
QUER RECEBER NOSSAS NOVIDADES E CONTEÚDO EXCLUSIVO EM SEU E-MAIL?
ASSINE NOSSA NEWSLETTER !

 

ADEUS, GERAL – A elitização do futebol brasileiro e o fim da “geral” dos estádios

O documentário – Adeus, Geral, – denuncia a segregação social nos estádios brasileiros a partir de eventos como a construção das modernas “arenas” e o fim da famosa “geral” dos estádios – áreas em que os ingressos eram mais baratos, geralmente ocupadas por torcedores de baixa renda.
Dirigido por Gustavo Altman, Martina Alzugaray, Matheus Bosco, Pedro Arakaki e Pedro Junqueira, o filme trata da “elitização” das arquibancadas e suas consequências econômicas, sociais e culturais.

Segundo o documentário esse processo de elitização, com o afastamento do dito “povão” dos estádios, iniciou-se após o “Desastre de Hillsborough”, em 1989, na Inglaterra – quando 96 torcedores morreram pisoteados num estádio superlotado para uma partida entre Liverpool e Nottingham Forest. Depois da tragédia, a então primeira-ministra Margaret Thatcher anunciou uma série de medidas que levaram à “modernização” e crescente elitização do esporte, com a exclusão dos torcedores mais pobres dos estádios.

O documentário mostra que, no Brasil, após a Copa do Mundo de 2014, a elitização das arquibancadas ganhou mais força com a construção das arenas.

“A elitização faz com que palmeirenses fanáticos não consigam entrar no Allianz Parque. Da mesma forma, há corintianos que nunca foram ao estádio de Itaquera. O preço dos ingressos selecionou quem faz parte do espetáculo”, afirma Juca Kfouri, em entrevista ao Adeus, Geral.

Vale lembrar que, atualmente, o ingresso brasileiro é QUARTO MAIS CARO DO MUNDO!

Arte, poesia e filosofia… Clique aqui e conheça nossa loja!

Nietzsche---Aquilo-que-és-Pop.2
Camiseta Nietzsche “Aquilo que és”, para ver clique aqui! 
GOSTOU DESTE POST?
QUER RECEBER NOSSAS NOVIDADES E CONTEÚDO EXCLUSIVO EM SEU E-MAIL?
ASSINE NOSSA NEWSLETTER !

Lévi-Strauss – Saudades do Brasil | Documentário

 “Saudades do Brasil” é um documentário produzido em 2005 e faz uma reconstituição da experiência do antropólogo Claude Lévi-Strauss no Brasil. 


Fundador da antropologia estrutural, Lévi-Strauss aplicou o método estrutural da linguística no estudo de mitos, sistemas de parentesco e usos sociais com a finalidade de estabelecer as características elementares do comportamento e as estruturas gerais das formações culturais. Entre suas obras, destacam-se As estruturas elementares do parentesco (1949), Tristes trópicos (1955), Antropologia estrutural (1961), O pensamento selvagem (1962), Mitológicas (1964 – 1971) e A via das máscaras (1975).

O documentário é dirigido por Maria Maia e produzido pela TV Senado. Trata-se de um registro raro de diversas tribos brasileiras trazendo imagens, entrevistas e relatos muito interessantes.

 

Levi-Strauss-Livros-Download-Farofa-Filosofica

Para aqueles que queiram conhecer melhor a obra do autor, indicamos o post Lévi-Strauss | Bibliografia em PDF: 18 livros pra download para ver é só clicar aqui!

Arte, poesia e filosofia… Clique aqui e conheça nossa loja!
Quintana-Passarinho.Slide
Camiseta Quintana “Eu passarinho!”, para ver é só clicar aqui!
GOSTOU DESTE POST?
QUER RECEBER NOSSAS NOVIDADES E CONTEÚDO EXCLUSIVO EM SEU E-MAIL?
ASSINE NOSSA NEWSLETTER !

 

 

 

 

10 filmes sobre a História da Filosofia

De Confúcio a Hannah Arendt,
passando por Sócrates, Espinosa e outros tantos…

Para pensarmos um pouco sobre a história da filosofia separamos 10 biografias de algumas figuras importantes para a filosofia. Ainda que esta lista não abarque “toooodos” os grandes nomes da filosofia, ainda assim, trata-se de uma ótima oportunidade para pensar nos caminhos e descaminhos da filosofia ao longo dos séculos. Organizamos a lista a partir de uma ordem temporal, nesse caso, dos filósofxs mais atuais aos mais antigos:

1. Hannah Arendt

hannah-arendt-flimeAlemã de origem judaica Hannah Arendt (1906 – 1975) recusava-se a ser classificada como “filósofa” e também se distanciava do termo “filosofia política”; preferia que suas publicações fossem classificadas sob o tema “teoria política”. O filme é de 2012 e aborda o julgamento de Adolf Eichmann, um colaborador de Hitler e coordenador dos campos de concentração. Hannah Arendt acompanhou o julgamento e escreveu uma série de artigos sobre o caso. No entanto, os artigos e o conceito de “banalidade do mal” defendidos por Hannah provocam uma série de controvérsias e, são muito mal recebidos pela opinião pública, principalmente, pela comunidade judaica.

Para assistir ao filme CLIQUE AQUI!

2. Amantes do café Flore – Simone de Beauvoir e Sartre

os-amantes-do-cafe-flore-filme

O filme é de 2006 e aborda a vida e a relação dos filósofos Simone de Beauvoir e Jean-Paul Sartre. Trata-se de uma boa oportunidade para conhecer essas duas importantes figuras da filosofia mas, também, para conhecer um pouco do momento histórico em questão. O filme se desenrola numa perspectiva temporal importante, em que é possível acompanhar os primeiros encontros entre Simone e Sartre e gradativamente as mudanças pelas quais essa relação passa.

Para assistir ao filme CLIQUE AQUI!

3. Quando Nietzsche chorou

quando-nietzsche-chorou-filmeO filme é baseado no romance de Irvin Yalom e conta a história de um encontro fictício entre o filósofo alemão Friedrich Nietzsche e o médico Josef Breuer, professor de Sigmund Freud. Nietzsche é ainda um filósofo desconhecido, pobre e com tendência suicidas. Breuer é procurado por Lou Salome (Kather Winnick), amiga de Nietzsche, com quem teve um relacionamento atribulado. Ela está empenhada em curá-lo de sua depressão e desespero, assim pede ao médico que o trate com sua controversa técnica da “terapia através da fala”. O tratamento vira uma verdadeira aula de psicanalise, onde os dois terão que mergulhar em si próprios, num difícil processo de auto-conhecimento. Trata-se de uma oportunidade para conhecer melhor o pensamento e alguns posicionamentos de Friedrich Nietzsche.

Para assistir ao filme CLIQUE AQUI!

4.  Espinosa – O Apóstolo da Razão

bento-espinosa

 

O filme é de 1994  e aborda a vida e as idéias do filósofo renascentista Espinosa, que desafiou a Igreja e propôs a separação entre religião e Filosofia.

Para assistir ao filme CLIQUE AQUI!

5. Blaise Pascal

blaise-pascal-filme

Acompanhamos a trajetória de Blaise Pascal, dos 17 anos até sua morte precoce, seus célebres estudos de Matemática e Geometria, incluindo a criação da primeira calculadora mecânica; seus trabalhos revolucionários sobre o vácuo, os fluidos e a pressão atmosférica; sua relação com o Jansenismo e a concepção de suas principais obras filosófico-religiosas.

Para assistir ao filme CLIQUE AQUI!

6.  Cartesius – René Descartes

cartesiusO diretor Rossellini extrai trechos inteiros de algumas das obras fundamentais do pensador, como O Discurso do Método (1637) e as Meditações Metafísicas (1641), para compor as ações “dramáticas” do personagem. São procedimentos teóricos de Descartes, cuja função seria fundar a autonomia do pensamento racional diante da fé. Vale dizer que, naquela época, toda démarche racionalista tinha de ser, também, uma negociação com a autoridade religiosa. Donde, nas Meditações, Descartes precisar, primeiro, ocupar-se das provas da existência de Deus, para apenas depois afirmar que o Cogito (a Razão) se sustenta por si só. “Eu sou, eu existo”, deduz, pelo simples fato de pensar. A conclusão entrou para a história do conhecimento como a frase famosa “Penso, logo existo”.

Para assistir ao filme CLIQUE AQUI!

7. Giordano Bruno

giordano-brunoGiordano Bruno (1538-1600) foi um filósofo italiano condenado à morte na fogueira pela Inquisição romana por heresia ao defender erros teológicos e pela defesa do heliocentrismo. Giordano Bruno foi filósofo, astrônomo, matemático e um dos maiores pensadores do Século XVI. Admitia que acima de um deus imanente (a “alma do mundo”), haveria um deus transcendente, só apreendido pela fé, mas uma fé inteiramente naturalista, bem diversa da fé cristã. Processado pela Inquisição de Veneza, preferiu retratar-se (como Galileu), mas seus inimigos conseguiram que fosse mandado a Roma, onde respondeu a novo processo.O filme de Guiliano Montaldo, retrata o processo romano, no qual Giordano Bruno recusou qualquer retratação, sendo condenado e queimado vivo no ano de 1600.

Para baixar o filme CLIQUE AQUI!

 8. Ágora – Hypatia de Alexandria

agora-filme

Sob o domínio Romano, a cidade de Alexandria é palco de uma das mais violentas rebeliões religiosas de toda história antiga. Judeus e cristãos disputam a soberania política, econômica e religiosa da cidade. Entre o conflito, a bela e brilhante astrônoma Hypatia  lidera um grupo de discípulos que luta para preservar a biblioteca de Alexandria. Trata-se de uma boa oportunidade para refletir sobre o período histórico em questão e também sobre as questões de gênero envolvidas, já que é impossível deixar de notar que  boa parte dos desafios que Hypatia enfrenta derivam do fato dela ser uma mulher.

Para assistir ao filme CLIQUE AQUI!

 9. Sócrates

socrates-filme

“Sócrates”, mostra o final da vida de Sócrates (470 – 399 a.C.), em especial seu julgamento e sua condenação à morte, com destaque para os célebres diálogos socráticos: ‘Apologia’, ‘Críton’ e ‘Fédon’, com seus últimos ensinamentos antes de tomar a cicuta. Imperdível!

Para assistir ao filme CLIQUE AQUI!

 


 10. A  batalha pelo Império – Confúcio

confucio

Na idade da guerra no Estado chinês, durante a qual incontáveis guerras foram travadas para unificar os reinos, o rei de Lu pede a ajuda de Confúcio, filósofo muito influente para recuperar o seu poder. Confúcio usa a sua inteligência e carisma para salvar o estado de Lu de um conflito interno e de uma guerra perpétua. No entanto, os centros políticos do Estado passam a se sentir ameaçados pelo filósofo. Conseguem exilar Confúcio, que vaga por anos de um estado para outro sem perder os seus ideais de paz e harmonia.

Para assistir ao filme CLIQUE AQUI!

Arte, poesia e filosofia… Clique aqui e conheça nossa loja!
Nietzsche,-Marx-e-Freud-Facebook
Camiseta Nietzsche, Marx e Freud, para ver é só clicar aqui!
GOSTOU DESTE POST?
QUER RECEBER NOSSAS NOVIDADES E CONTEÚDO EXCLUSIVO EM SEU E-MAIL?
ASSINE NOSSA NEWSLETTER !

 

 

Hannah Arendt e a banalidade do mal | Filme e livro

HANNAH ARENDT (1906 – 1975) VIVEU AS GRANDES TRANSFORMAÇÕES DO PODER POLÍTICO DO SÉCULO XX. ESTUDOU A FORMAÇÃO DOS REGIMES AUTORITÁRIOS/TOTALITÁRIOS INSTALADOS NESSE PERÍODO E DEFENDEU OS DIREITOS INDIVIDUAIS, CONTRA AS “SOCIEDADES DE MASSAS” E OS CRIMES CONTRA A PESSOA.

Suas obras mais conhecidas são: As origens do totalitarismo (1951), A condição humana (1958) e  Eichmann em Jerusalém (1963). Este último reúne os cinco artigos que escreveu sobre o julgamento de Eichmann, que cobriu para o jornal The New Yorker. Nesse livro, Eichmann, não é retratado como um demônio (como o descreviam muitos ativistas judeus) mas alguém terrível e horrivelmente normal. Um típico burocrata que se limitara a cumprir ordens, com zelo, por amor ao dever, sem considerações acerca do bem e do mal. No livro, Arendt aponta ainda a cumplicidade das lideranças judaicas com os nazistas. Esta perspectiva lhe renderia duras críticas das organizações judaicas, além da ameaça de ser excluída da universidade em que lecionava na época.

É justamente este episódio que o filme aborda, a cobertura do julgamento de Eichmann, o processo de escrita dos artigos e a recepção de seu trabalho pela opinão pública. Trata-se de uma boa oportunidade para conhecer melhor a vida e obra de Hannah Arendt, e pensando nisso, também disponibilizamos em PDF, para download, o livro “Eichmann em Jerusalém. Um relato sobre a banalidade do mal” .

Livro: Eichmann em Jerusalém. Um relato sobre a banalidade do mal – em PDF: CLIQUE AQUI!
Filme:

Hannah-Aredt-livros-gratuitos

 

Para aqueles que queiram conhecer melhor a obra e o pensamento de Hannah Arendt indicamos o post “Hannah Arendt Bibliografia em PDF”, para ver é só clicar aqui!

 

Arte, poesia e filosofia… Clique aqui e conheça nossa loja!
socrates-nada-sei-slide-1
Camiseta Sócrates “Nada sei”, para ver é só clicar aqui!
GOSTOU DESTE POST?
QUER RECEBER NOSSAS NOVIDADES E CONTEÚDO EXCLUSIVO EM SEU E-MAIL?
ASSINE NOSSA NEWSLETTER !

 

 

O Retorno da Terra Tupinambá

No filme, a história de expropriação e resistência dos Tupinambá é narrada segundo a perspectiva dos indígenas, para quem a terra pertence aos encantados, as entidades mais importantes de sua cosmologia…


Há dez anos, os Tupinambá esperam a conclusão do processo de demarcação de sua terra. Nesse quadro, vêm realizando ações coletivas conhecidas como retomadas de terras, recuperando numerosas áreas no interior de seu território que estavam em posse de não-indígenas. Por essa razão, têm sido alvos de criminalização e ataques violentos, tanto por parte do Estado brasileiro, como por indivíduos e grupos contrários à garantia de seus direitos. Para contar essa história, foram reunidos depoimentos e sequências gravadas em maio de 2014 na aldeia Serra do Padeiro, na Terra Indígena Tupinambá de Olivença, sul da Bahia (Brasil), assim como imagens de arquivo. No filme, a história de expropriação e resistência dos Tupinambá é narrada segundo a perspectiva dos indígenas, para quem a terra pertence aos encantados, as entidades mais importantes de sua cosmologia.

Direção: Direção: Daniela Alarcon | Ano: 2015 | Duração: 24 min.

 

Fonte: http://retornodaterra.reporterbrasil.org.br/

No site citado a cima você poderá encontrar mais informações sobre o filme, sendo possível, inclusive, baixá-lo.

Arte, poesia e filosofia… Clique aqui e conheça nossa loja!

Guimarães-Rosa---A-vida-é-assim-Pop2
Camiseta Guimarães Rosa “A vida é assim”, para ver clique aqui!
GOSTOU DESTE POST?
QUER RECEBER NOSSAS NOVIDADES E CONTEÚDO EXCLUSIVO EM SEU E-MAIL?
ASSINE NOSSA NEWSLETTER !

 

Manoel de Barros | Documentário “Só 10 % é mentira” online!

O documentário “Só dez 10% é mentira” é a desbiografia oficial de Manoel de Barros, uma imersão poética no universo do poeta.

Manoel Wenceslau Leite de Barros nasceu em Cuiabá em 19 de dezembro de 1916. Formou-se em direito em 1941. Sua estréia literária, entretanto, foi antes disso, pois em 1937 o livro Poemas concebidos sem pecado foi publicado em edição caseira de 21 exemplares, bancada por 20 amigos. Manoel de Barros começou a escrever bem cedo, aos 20 anos, mas sua obra só foi reconhecida plenamente na década de, quando ele já estava com mais de 60 anos.

Com uma linguagem marcada pot constantes reinvenções linguísticas, o poeta mistura um ambiente mítico do pantanal com o cotidiano do homem dessa região, transfigurando, assim,  a realidade pantaneira para alcançar a dimensão universal da vida humana.

No começo era o verbo.
Só depois é que veio o delírio do verbo.
O delírio do verbo estava no começo, lá
onde a criança diz: Eu escuto a cor dos
passarinhos.
(…)
BARROS, Manoel de . O livro das ignorãças

O documentário é um mergulho cinematográfico na biografia e nos versos de Manoel de Barros, alternando sequências inéditas de entrevistas do escritor, versos de sua obra e depoimentos de familiares e leitores o filme constrói um painel revelador sobre o poeta. Trata-se de uma boa oportunidade para conhecer melhor o escritor.

Direção: Pedro Cezar | Ano: 2008 | Duração: 80 min

Arte, poesia e filosofia… Clique aqui e conheça nossa loja!
Manoel-de-Barros-Camiseta-Slide
Camiseta Manoel de Barros “Árvore x Parede”, para ver clique aqui!
GOSTOU DESTE POST?
QUER RECEBER NOSSAS NOVIDADES E CONTEÚDO EXCLUSIVO EM SEU E-MAIL?
ASSINE NOSSA NEWSLETTER !

Jean-Paul Sartre | Documentário Humano, demasiado humano – BBC

Em uma obra ampla, que reúne ensaios, filosofia, teatro e literatura, Sartre defendeu suas teses sobre o ser humano. Seu ponto de partida afirma que o homem vem do nada e é radicalmente livre para fazer a si mesmo.

Jean-Paul Sartre (1905 – 1980) estudou na Escola Normal de Paris e em Berlim, onde recebeu a influência de Husserl e Heidegger. Desenvolveu uma filosofia existencialista em obras como O ser e o nada (1943) e O existencialismo é um humanismo (1946). Nela, aprofunda temas como a liberdade humana, a angústia e as paixões. Em 1945, fundou, com Merleau-Ponty a revista Les Temps Modernes. Entre sua produção literária, estão A náusea (1938) e a trilogia “Os caminhos da liberdade“, composta de A idade da razão (1945), Sursis (1947) e Com a morte na alma (1949), assim como suas obras de teatro Mortos sem sepultura (1946) e Entre quatro paredes (1945).

Direção: Alain de Botton | Ano: 1999 | Duração: 47min.

sartre-biliografia-para-download

Para aqueles que queiram conhecer melhor a obra e o pensamento de Jean-Palu Sartre indicamos também o post “Sartre Bibliografia em PDF: 17 livros para download”, para ver é só clicar aqui!

Arte, poesia e filosofia… Clique aqui e conheça nossa loja!
Sartre-Livre-Slide
Camiseta Sartre “Livre”, para ver é só clicar aqui!
GOSTOU DESTE POST?
QUER RECEBER NOSSAS NOVIDADES E CONTEÚDO EXCLUSIVO EM SEU E-MAIL?
ASSINE NOSSA NEWSLETTER !